Gilvana Evangelista chega mais forte para a disputa em 2020

Em 2016, o ex-prefeito José Mario se lançou candidato, disputando com Dr. Waldênio  (que desistiu posteriormente) e o Dr. Alexandre, os votos dos patoenses, mas, devido a problemas judiciais, sua candidatura tinha um prazo de validade, com dia e hora pra encerrar, então,  numa estratégia política, este colocou os filhos e a esposa na chapa,  sabendo que numa eventual troca , um deles entraria na disputa em seu lugar.

Com sua enorme popularidade na época,  ele optou por sua esposa para encabeçar a chapa e levar a disputa até o final, a estratégia deu certo Gilvana Evangelista foi eleita, adotando um nome que lembraria os eleitores que esta estaria representando o marido, Gilvana do Zé Mário,  ganhou as eleições e o restante da história todos já conhecemos.

Gilvana Evangelista assumiu o governo no início de forma tímida e discreta, com o marido tomando a frente em várias ocasiões,  conduzindo e orientando a esposa, que sistematicamente parecia  depender totalmente dos conselhos do ex-prefeito.

Passados mais de dois anos, observamos uma Gilvana Evangelista mais a vontade no cargo, mais solta e eu diria mais independente do marido e chefe de gabinete, seus discursos são mais firmes e sua presença mais contundente,  me parece que  as cobranças da população e “pancadas” vindas da oposição, amadureceu a atual prefeita, que vai mostrando evolução no tratar com a população e aos poucos se desgarra da sombra de seu marido.

Apesar da evolução vista, os erros cometidos nestes dois anos, troxeram uma certa impopularidade, e a aceitação ainda não é a desejada pelo grupo que visa uma disputa nas eleições de 2020, mas, de qualquer forma Gilvana Evangelista em 2020 estará mais forte que em 2016, isto é fato.

A Escola São Francisquinho Realiza Evento e Reforça o Verdadeiro Sentido da Páscoa

 

A Escola São Francisquinho realizou um projeto junto aos  alunos e familiares, com a finalidade de resgatar o verdadeiro sentido da Páscoa, em seu contexto o evento contou várias  apresentações dos alunos, que emocionaram e encantaram quem esteve presente, trazendo um diferencial na celebração da Páscoa, hoje vista por muitas crianças apenas como uma data onde se presentea com chocolates e celebra-se o coelhinho, quando na verdade seu sentido é bem mais amplo, a ressurreição de Jesus ocorrida três dias depois da sua crucificação no Calvário.

Parabéns a todos que compõem a escola, a diretora, as professoras, servidores, alunos e familiares pela iniciativa e pelo belíssimo evento realizado .

 

 

Professores de S. J.dos Patos se reúnem com Vereadores para Debater a reforma do Plano de Cargos e Salários

Representantes do SINPROED – Sindicato dos Profissionais em Educação de São João dos Patos, se reuniram hoje com os vereadores, para debater a reforma no plano de cargos e salários. Numa reunião que deixou os professores bastante animados, os vereadores se colocaram a disposição dos professores e de forma muito receptiva mostraram um enorme interesse em colaborar na elaboração e aprovação do plano.

Uma outra reunião foi agendada para maio e em breve traremos mais informações sobre o andamento deste importante projeto para os professores do município.

Em candidatura única, Magão assume a vice-presidência da Câmara

Sem surpresas, vereador Magão se elege vice-presidente da Câmara de Vereadores de São João dos Patos, com apoio total da oposição, que deu ao vereador 7 votos sim.

Márcio Kizueira não colocou o nome e preferiu não disputar a cadeira, abrindo as portas para a eleição tranquila de Magão.

A votação ficou assim: 7 votos sim, 2 votos não e 1 abstenção, o vereador Agmar Mousinho faltou a sessão.

Processo Judicial Eletrônico será Implantado na Comarca de São João dos Patos em 15 de abril

Os advogados que atuam nas comarcas de São João dos Patos a partir de segunda-feira  já poderão contar com o sistema de Processo Judicial Eletrônico (PJe) para realização de atos processuais, gestão e tramitação de processos judiciais e administrativos, ajuizamento de ações e outros peticionamentos diretamente pela internet sem a necessidade de deslocamentos.

O Tribunal de Justiça do Maranhão , realizou esta semana um curso de qualificação e treinamento em sistema PJe com os servidores da Casa de Justiça patoense.

Com isso, no âmbito do TJMA, o peticionamento passará a ser a partir do dia 15 de abril, com excessão das ações criminais,  exclusivamente eletrônico. Isso tornará o processo mais célere e menos burocrático.

A implantação do PJe segue a Resolução Nº 185/2013, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que considera os benefícios da substituição da tramitação processual em meio físico pela tramitação eletrônica, como instrumento de celeridade e qualidade na prestação jurisdicional.

O PJe processa todas as informações, atos processuais, gestão e tramitação de processos judiciais e administrativos, permitindo o ajuizamento de ações e outros peticionamentos diretamente pela internet, 24 horas por dia, sem necessidade de deslocamentos. O sistema garante segurança, autenticidade e integridade dos documentos, através da certificação digital, eliminando o uso do papel e etapas burocráticas como carimbos e juntadas de petições, e contribuindo para a economia de recursos e preservação do meio ambiente. A medida não inclui a desmaterialização dos processos que, atualmente, tramitam em suporte físico.

Paulo Guedes: “Lula não roubou um tostão”

Em reunião com seis presidentes de Tribunais de Contas estaduais, o ministro da Economia, Paulo Guedes, usou tom catastrofista ao defender as reformas que preconiza e sentenciou: “Em Brasília estamos como em Versalhes: à espera da guilhotina”.

De tudo que disse, porém, o que mais chamou atenção dos presentes foi sobre o ex-presidente Lula: “Estamos convencidos de que Lula não roubou um tostão. E seu patrimônio prova isso. Ele não teve foi quem o avisasse do que acontecia em torno de seu governo. Acabou vítima do jeito de fazer política no Brasil. Serve como exemplo”. Entre tantas outras coisas, Guedes é crítico da maneira como se construiu a Arena Corinthians, para ficar apenas no futebol. A reunião aconteceu no sexto andar do ministério da Economia, no dia 12 de março.

Texto: Juca Kfouri

Márcio do Kizueira se Aproxima do PCdoB e vai se Fortalecendo para 2020

O nome do vereador Márcio do Kizueira  (PDT) desponta naturalmente e já é visto como um dos grandes favoritos para a disputa eleitoral em 2020, isto é facilmente percebido em qualquer conversa entre populares e em qualquer  enquete realizada nas redes sociais, Marcio e Dr. Alexandre  são os nomes  mais citados quando se fala em uma eventual disputa eleitoral com o atual grupo político da prefeita Gilvana.

Márcio sabe desta aceitação popular e não esconde  o desejo de alçar vôos mais altos na carreira política,  por isso articula e conversa com possíveis futuros aliados,  numa candidatura própria para prefeito de São João dos Patos  em 2020.

Em conversa informal com Jakson Duarte e a Professora Orleany Santana, militantes do PCdoB,  Márcio falou sobre seus planos e projetos, além de outros assuntos, referentes a população patoense, como a atual situação da educação e saúde do nosso município, antes Márcio já tinha se reunido  com outros integrantes do PCdoB, onde debateram sobre uma possível aliança em 2020.

As conversas foram iniciadas e Marcio se mostra firme no propósito de fortalecer seu nome para 2020.

Marcio do Kizueira é favorito para ocupar a cadeira de Vice-Presidente da Câmara

Com o afastamento definitivo de Marcio  do governo participativo, uma aproximação com a oposição seria mais que natural e essa junção  seria concretizada  com sua eleição a cadeira de vice-presidente da Câmara com os votos dos vereadores oposicionistas.

Seria o “nó” que todos estariam aguardando para enfim termos uma oposição coesa e fortalecida, o nome de Márcio do Kizueira hoje é muito forte e sem dúvida  este agregaria e muito na corrida eleitoral para 2020, a oposição sabe disso e a oportunidade de trazê-lo de vez ao pólo oposicionista seria eleģê-lo a cadeira desocupada pela vereadora Ryanna Noleto.

As cartas estão na mesa e a próxima jogada no xadrez eleitoral é no tabuleiro oposicionista , se errarem darão oportunidade para o jogador da situação mover suas peças e quem sabe avançar mais casas rumo ao campo adversário, a política é um jogo, saber agregar, se fortalecer, se defender, faz partr das estratégias,  para isso deve-se analisar o jogo e pensar nas jogadas antes de realizá-las.

Quem é Abraham Weintraub, o novo ministro da Educação do governo Bolsonaro

presidente Jair Bolsonaro (PSL) anunciou nesta segunda-feira a troca do comando doMinistério da Educação (MEC) . No lugar de Ricardo Vélez Rodriguez, demitido nesta manhã, assume o economista Abraham Weintraub.

Weintraub foi um dos integrantes da equipe do governo de transição comandada pelo atual ministro Onyx Lorenzoni (DEM-RS). Ele e seu irmão, o advogado Arthur Weintraub – que também integra o governo, como assessor-chefe adjunto da Assessoria Especial do Presidente da República -, participaram da formulação do programa de governo de Bolsonaro na área de Previdência, na equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes.

Após a eleição, ele assumiu como secretário executivo da Casa Civil, o segundo posto mais importante do ministério comandado por Lorenzoni, cargo que deixa agora para assumir o MEC.

Weintraub formou-se em Ciências Econômicas pela Universidade de São Paulo e é mestre em Administração Financeira pela Fundação Getúlio Vargas. No entanto, diferentemente do informado inicialmente por Bolsonaro no Twitter, o economista não declara na plataforma Lattes nem na rede social LinkedIn que tenha cursado um doutorado. O presidente corrigiu a informação pouco depois.

Atualmente, é diretor executivo do Centro de Estudos em Seguridade da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Ele também é professor de direito previdenciário da mesma instituição. Ele informa em seu currículo na plataforma Lattes que coordenou em 2016 a apresentação de uma proposta alternativa da Reforma da Previdência formulada por professores da universidade.

Weintraub também atuou como executivo do mercado financeiro por mais de 20 ano. Foi sócio da Quest Investimentos, diretor do Banco Votorantim, membro do comitê de trading da Bovespa, conselheiro da Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários, Câmbio e Mercadorias (Ancord).

Weintraub foi demitido do Votorantim em agosto de 2012, conforme ata de reunião publicada na época. O comunicado não dá detalhes dos motivos da saída do executivo.

Aproximação com Bolsonaro

Os irmãos Weintraub se aproximaram se Bolsonaro por meio de Lorenzoni, como relatou Arthur em uma reunião do departamento do Curso de Ciências Atuariais da Unifesp, do qual ele é professor, em março de 2018.

De acordo com a ata do encontro, Arthur contou aos presentes que, após a apresentação de sua proposta de reforma da Previdência no Congresso Nacional, foi procurado por Lorenzoni, que o informou que deputados estavam interessados em seu trabalho – entre eles, o então pré-candidato Bolsonaro.

A princípio, Arthur teria considerado que Bolsonaro tinha um “pensamento radical”, mas que Lorenzoni pediu que ele e seu irmão se informassem melhor sobre o atual presidente, porque “a mídia brasileira distorcia as informações”.

“Dessa maneira, ao melhor se informar, seu irmão Abraham e ele se deram conta que essa conduta radical seria mentira. Assim, foram conversar com Jair Bolsonaro, que teria formação em engenharia pelas Agulhas Negras, que seria uma escola militar, que tinha conhecimentos em estatística e em matemática. Assim, começaram a dar apoio científico e não politico a esse candidato, da mesma maneira que vários professores da UNICAMP e da USP fizeram a outros candidatos”, diz o documento.

Vereadora Rayanna Noleto renunciará a cargo da mesa diretora da Câmara

0

A vereadora Rayanna Noleto (Pros) anunciará  nesta segunda-feira (08/04) que renunciará o cargo de vice-presidente da Mesa Diretora da Câmara Municipal de São João dos Patos.

Segundo o regimento da Câmara, novas eleições deverão  ser realizadas, após a vereadora Rayanna anunciar sua desistência.

Art. 6°,  § 1º Vago qualquer cargo durante o primeiro ano de mandato, haverá a eleição respectiva na primeira sessão subseqüente à vacância, para completar o mandato, de conformidade com o art 4º.

Em ofício expedido em 02 de abril , Rayanna apresenta sua renúncia mas não  expõe os motivos que levaram a tornar  esta decisão,  confira abaixo:

 

Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress