UPR de São João dos Patos recebe o Prêmio de Gestão Penitenciária (Gespen) realizado pelo governo do estado

COMPARTILHE

Consolidando o foco na gestão das unidades prisionais, o Governo do Estado premiou os estabelecimentos do sistema prisional que se destacaram na implantação de elementos de gestão e alcançaram resultados positivos em 2023. O reconhecimento foi realizado durante o Prêmio de Gestão Penitenciária (Gespen), que foi realizado nesta quinta-feira (16), no Palácio Henrique de La Rocque, no Jardim Renascença.

O governador Carlos Brandão fez questão de destacar a importância dos avanços e das experiências positivas na ressocialização de presos no Maranhão e o fortalecimento das medidas de segurança nas unidades prisionais. Ele ressaltou que das 30 melhores unidades prisionais avaliadas pela Secretaria Nacional de Políticas Penais (Senappen), 13 estão no Maranhão, incluindo o primeiro e o terceiro lugar nesse ranking.

A unidade de São João dos Patos foi premiada em primeiro lugar no ranking baixa complexidade, destaque em boas práticas e Associações de Assistência aos Condenados (APACs). Para a escolha dos vencedores foram considerados 45 indicadores dos eixos: humanização, segurança, modernização e administração, logística e inovação.

O prêmio é coordenado pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) e serve como um instrumento estratégico para acompanhar os avanços na gestão de cada um dos estabelecimentos penais do estado. Todas as informações são sistematizadas e contribuem para a tomada de decisões para o sistema penitenciário.

O prefeito de São João dos Patos, Dr. Alexandre fez questão de comparecer ao evento e participou da premiação da unidade de São João dos Patos.

Sobre o Gespen

O Prêmio de Gestão Penitenciária (Gespen) é um instrumento de gestão estratégica implantado pela Seap em 2015 para acompanhar os avanços na gestão de cada um dos estabelecimentos penais do estado e que possibilitou uma mudança efetiva no sistema penitenciário maranhense que saiu de uma das piores posições no país para se tornar referência nacional e internacional.

COMPARTILHAR NAS REDES

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *