Segundo dia de Manifestação dos Professores de São João dos Patos

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Após silêncio da gestora patoense, os professores da rede pública de São João dos Patos seguiram com os manfestos pelas ruas da cidade, com faixas, apitos, roupa  preta, embalados pela música “nós não mexe com ninguém”,  os educadores mais uma vez pararam em frente a prefeitura e mandaram o recado a prefeita Gilvana Evangelista, pedindo diálogo e conciliação entre as partes.

Enquanto os educadores percorriam as ruas de nossa cidade, o chefe de gabinete e marido da prefeita, concedia uma entrevista a radio sertão FM, onde declarou que a manifestação era ilegítima,  pois segundo ele, o sindicato não havia procurado o executivo para negociar e ainda teriam “se aproveitado” de um princípio infarto da mãe da gestora e a ausência de uma secretária de educação para realizar as manifestações.

Os fatos narrados pelo gestor veio por água abaixo e foram desmentidos quando os representantes do sindicato poucas horas depois concederam entrevista  ao radialista Henrique Miranda e esse leu os ofícios enviados a prefeitura e a secretaria de educação datados em 24/01/17, na época a pasta era ocupada pela Sra. Elizamar Lima Sá,  por tanto as alegações do chefe de gabinete não se  justificaria.

Lamentavelmente, mais uma vez, a gestora não se pronunciou,  tendo o porta voz da mesma piorado a situação ao invés de acalmar os ânimos, este os acirrou, a categoria dos professores não gostaram nada das declarações do esposo da prefeita.

Já a tarde a prefeitura agendou junto aos professores uma reunião para a proxima sexta-feira, o sindicato anunciou aos associados que não havendo possibilidade de acordo, convocará assembleia e iniciará a greve por tempo indeterminado.IMG-20170304-WA0035IMG-20170304-WA0036IMG-20170304-WA0038IMG-20170304-WA0033IMG-20170304-WA0030IMG-20170303-WA0018IMG-20170303-WA0019

Facebook Comments Box
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Sem categoria