Secretária de saúde não se retrata e acusa oposição de terrorismo político

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Em sua a primeira entrevista cedida ao Programa Rádio Livre, a secretária de saúde Rejane Corrêa de Sousa Silva, atirou para todos os lados, sobrou até para o promotor de justiça, que foi tarjado de desinformado, para os senhores vereadores sobrou o título de “terroristas”, isso mesmo, essa foi a definição dada pela Sra. secretária aos representantes do povo, acusados de praticar terrorismo político, para denegrir a imagem do atual prefeito.

A polêmica entrevista deu o que falar e gerou uma moção de repúdio as declarações da mesma, por parte do vereador Cidielson aprovado pela maioria dos vereadores.

Após inúmeros protestos por parte de quase todos os vereadores, foi anunciada uma segunda entrevista da secretária, de onde se esperava um pedido de desculpas, ou ao menos, uma retratação, afinal, esta ocupa uma das mais importantes cadeiras neste governo e convenhamos seria muito ruim para a imagem do governo interativo mais uma polêmica desnecessária.

Quem esperou um pedido de desculpas ou uma retratação em sua segunda entrevista, se iludiu, a Sra. Rejane disparou novamente contra os vereadores da oposição, verdade que dessa vez poupou o Ministério Público, mas, o título de “terroristas” políticos mais uma vez foi dado aos senhores vereadores, que ao que parece não conseguiram sensibilizar ou ao menos se fazerem respeitar pela secretária.

Após a moção de repúdio lida na câmara e os vários protestos dirigidos a ilustríssima secretária, esta em nada recuou e até reiterou as acusações, na última sessão da câmara, dia 07/03/2016, Cidielson e Márcio do Kizueira voltaram a protestar sobre as declarações da servidora do município, mas, até o presente momento, qualquer nota de retratação foi emitida, aguardemos.

Facebook Comments Box
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Sem categoria