Primeiro round: Situação x Oposição

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×
combate
Vereadores discutem de forma dura na última sessão

Depois da população de São João dos Patos acompanhar estarrecida, os debates na câmara municipal de vereadores, na sessão desta segunda-feira, depois das trocas de acusações, indiretas, discussões de cunho pessoal e público, dignos de um combate de MMA, sem as agressões físicas, mas, verbais, o que podemos esperar dos nossos representantes no legislativo e a que outras mazelas a população será exposta daqui por diante?

Em uma ação nos bastidores, corpo a corpo, com telefonemas, visitas, mensagens, o prefeito e vereadores da situação, não conseguiram garantir a eleição, do atual Presidente interino Adelson e por isso se viu na obrigação de tentar ganhar mais tempo, fazendo com que a eleição fosse adiada para uma sessão futura.

A situação conseguiu vencer assim, a duras penas, o primeiro round da briga pela manutenção do atual presidente interino na cadeira, mas, até quando conseguirão mantê-lo lá? A credibilidade da câmara mais uma vez sai manchada perante a sociedade, as duras palavras ditas na sessão repercutem nas redes sociais e celulares de todos os moradores, os comentários ecoam em todas as esquinas, praças, de nossa cidade, disseminando o despreparo dos nossos vereadores, principalmente quando se trata de assuntos jurídicos e até do regimento interno, que ora rege, disciplina e regulamenta as atividades dos parlamentares municipais.

A oposição também acertou duros golpes na situação, que de certa forma deixaram o adversário tonto, apontando, que se baixarem a guarda, o golpe da oposição poderá ser certeiro, deixando hematomas graves de difícil cura, até para um médico, como o Dr. Waldênio.

A oposição também mostrou quanto é frágil as defesas da situação, não dá para entender, até o dia o dia 23 de outubro, sexta-feira, apenas três vereadores se diziam oposição ao atual governo, Agmar, Márcio do Kizueira e Dedé Paulista, o vereador Cidielson se diz neutro, os demais teoricamente seriam favoráveis ao atual governo, ou seja, compõem o bloco da situação.

Ora, então onde estaria a dificuldade em eleger Adelson presidente da câmara? simples, há vereadores com um olho no gato e o outro no peixe, ficam estes com um pé na situação, mas, não querem se indispor com a oposição (Zé Mário) e enquanto isso vão recebendo os benefícios da prefeitura.

Ficou explícito que a situação, não têm como certo, os votos dos vereadores Raimundo Nolêto e Rilda Lúcia (teoricamente aliados do governo) e por isso  buscaram o adiamento da votação ou a efetivação do presidente interino através do engodo de uma posse, que sabemos será contestada.

Ai eu pergunto, se tem um vereador neutro, por que não foram buscá-lo?ou será que foram, mas, este preferiu buscar outros caminhos?  já vimos que em um combate duro, deixar para resolver na última hora, pode levar um lutador a lona e para se levantar, pode ser mais difícil do que parece.

Vamos aguardar os próximos rounds deste combate.

Facebook Comments
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *