O pau quebra entre Chefe de Gabinete e membros do Grupo de WhatsApp “A Voz do Povo”

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Sem dúvida nenhuma, o grupo de debate político mais rico em discussões,  mais ativo e também o mais polêmico de nossa cidade é o grupo “A Voz do Povo de SJP”. Com seletos membros formadores de opinião, como professores, políticos, comunicadores, artistas, empresários e outras personalidades em vários segmentos. O grupo é sem dúvida um templo de bons debates, com vários pontos de vista e direcionamentos.

O grupo conta ainda com vários deputados estaduais e federais, além de secretários estaduais, com vertentes políticas diferenciadas, sem dúvida nenhuma tantas discrepâncias políticas, culturais e sociais, provoca  discussões riquíssimas em conteúdo, com o objetivos de se colocar diversas temáticas que são de interesse da comunidade. Temos pessoas ligadas à administração municipal, mandatários, lideranças sindicais e outros.

Nesta quarta-feira o tema mais discutido pelo grupo foi a demissão dos servidores da saúde e o fechamento da Urgência e Emergência do Hospital Celso Rocha Santos, vários membros mostraram indignação com o fato e sem papas na língua, criticaram duramente o Governo Participativo, com apenas duas exceções, o grupo em peso cobrava uma explicação da prefeita Gilvana e comentava a comoção que essa notícia causou na população patoense.

Pois bem, após um dia inteiro de debates e discussões, já no fechar as cortinas, aproximadamente as 23:10 horas, o chefe de gabinete e marido da prefeita Zé Mário se manifestou no grupo. O fato logicamente chamou a atenção dos membros do grupo, que imediatamente começaram a questionar ao ex-prefeito sobre as demissões em massa e o fechamento já citado anteriormente da emergência e urgência.

No meio da discussão o ex-prefeito chama o radialista Henrique Miranda vulgo Chico Arara de “drogado”, o mesmo ainda chamou o blogueiro Leandro do blog “Agora SJP” de mentiroso, quando este questionou sobre o aluguel da Secretária de Saúde seria R$ 5.220,00, pedindo que esse comprovasse, Leandro assim o fez, mas Zé Mário nada mais comentou sobre o assunto e seguiu dizendo ter nojo da voz de Chico Arara,  que o resto do mundo o odeia, entre outras colocações.

Acompanhem alguns trechos  do debate:

 

 

Não foi o nível desejado de debate, com acusações pessoais e colocações que de nada interessa a população, em seguida Zé Mário saiu do grupo e não deu explicações sobre as demissões,  sobre o fechamento da urgência e emergência do hospital regional e muito menos comentou sobre o diário exposto no grupo que comprova o aluguel no valor acima de R$ 5.000,00.

Facebook Comments Box
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Sem categoria