Em 2016 Flavio Dino apoiará Paulo do Zeca, Jardel Miranda ou Hélio Pereira?

419 Flares Twitter 0 Facebook 417 Google+ 2 Filament.io 419 Flares ×
apoio
Hélio Pereira, Paulo do Zeca e Jardel Miranda

Paulo Paraguassu Mousinho Lima,  o Paulo do Zeca, em entrevista ao Programa a verdade, apresentado por Henrique Miranda, garantiu que se candidato for, terá o apoio de  um Deputado Estadual (Neto Evangelista), um Deputado Federal (Rubens Júnior), de um Senador (Roberto Rocha),  do vice-governador Carlos Brandão e do governador Flávio Dino.

Paulo assegurou que deu apoio a candidatura dos políticos acima citados nas eleições de 2014, em troca de um eventual apoio na disputa para prefeito em 2016, disse ainda está preparado para ocupar o cargo de prefeito e que pretende sim disputar as eleições.

Indagado sobre a questão de futuras alianças, Paulo não descartou uma união com o ex prefeito Celso Sobrinho, Jardel Miranda e Hélio Pereira.

A respeito do atual prefeito Waldênio, Paulo disse está torcendo para que ele faça um bom governo, pois o mesmo indo bem, quem ganha é o povo, mas, em seguida ressalvou  que o atual governo ainda não caiu nas graças da população e que este ainda teria cerca de dois anos para melhorar.

As informações prestadas por Paulo no programa de Henrique Miranda, deixaram algumas dúvidas e questionamentos, que tentarei aqui levar a vocês, para que possamos debater de forma imparcial e direta.

1º Sabemos que os principais alicerces da campanha de Flavio Dino no município foi Hélio Pereira, Marcilene Fonseca, Tarso Santos, Jardel Miranda, Edison do Sindicato, Ednaldo Quirino, Flávio Barbosa e Paulo do Zeca, lógico que houve outros nomes, mas, estes foram os principais cabos eleitorais do então candidato e hoje governador do Maranhão.

2º Sabemos ainda que o Paulo do Zeca, enfatizou sua campanha em Neto Evangelista, seu sobrinho e em Rubens Júnior, ambos futuros aliados em uma eventual campanha, ao contrário de Hélio Pereira e Jardel Miranda, que focaram mais a eleição de Flávio Dino.

3º Sabemos também que o ex vereador Hélio Pereira é o presidente do PCdoB, partido do gestor estadual e que este atualmente estaria mais próximo ao vereador Jardel Miranda, por tanto, sendo mais provável uma aliança entre ambos, caso um resolva disputar a cadeira do executivo.

4º É notório que após a campanha de 2014, Jardel Miranda hoje também está próximo do governo estadual,  conta ainda com o apoio do Secretário de Estado de Indústria e Comércio do Maranhão, Simplício Araújo e uma possível aliança com o PCdoB municipal, com quem tem um bom relacionamento.

5º O próprio Paulo afirmou que hoje estaria em contato com o governo através de Neto Evangelista e Rubens Júnior, ou seja, diretamente em São Luis, dando a entender que não tem acesso ao PCdoB local, mas, sabemos que numa futura convenção, formação de legenda, quem formará a coligação é a diretoria municipal do partido.

Ai vem a pergunta: Numa eventual disputa entre Paulo do Zeca, Hélio Pereira e Jardel Miranda, quem o atual governador apoiaria?
Flávio dino deixaria de acompanhar o seu partido PCdoB, para apoiar um candidato de outro partido? Iria ele desprezar uma aliança firmada pelo diretório municipal do PCdoB e ir contra a escolha de seus filiados, numa eventual disputa eleitoral?

Somos cientes que (PP / SD / PROS / PSDB / PC do B / PSB / PDT / PTC / PPS) foram aliados na esfera estadual e formaram a coligação Todos pelo Maranhão, e que Flávio Dino quer que se priorize essa aliança também na esfera municipal, mas, na esfera municipal, uma aliança total entre esses partidos seria possível? difícil.

Porém, sabemos que o Governador Flávio Dino, não tem dado prioridades a seu partido, principalmente na nossa região e que  em apenas 01(um) mês após sua posse, já se aliou a Rogério Cafeteira, mostrando que não há queixas partidárias, e que isso pode ocorrer também em outras esferas, com uma união PCdoB e PMDB, talvez ele fique neutro e não apoie nenhum candidato em nosso município, ou ainda, apoie dois ou mais, afinal, em 2018 haverão eleições para governador novamente e se indispor com um cabo eleitoral seria ruim, mas, se indispor com a militância de seu partido, aqueles que vestem a camisa, carregam as bandeiras, é pior ainda.

O fato concreto é que hoje as solicitações do Paulo vêm sendo atendidas de forma mais rápida, talvez pela aproximação com o vice-governador Carlos Brandão, Neto Evangelista e Rubens Júnior, o que pode demonstrar uma certa aceitação pela sua candidatura destes líderes políticos, mas, não havemos de esquecer que ao se tratar de partido, hoje, Hélio Pereira e Jardel Miranda teriam a vantagem por contar com o apoio do PcdoB local e talvez esse seja um diferencial importante no futuro, afinal, ter o partido do governador como aliado, não é algo para ser desprezado.

Facebook Comments Box
419 Flares Twitter 0 Facebook 417 Google+ 2 Filament.io 419 Flares ×

Sem categoria