Eleições 2016: O cenário político está “quase” definido

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×
Foto do perfil de Waldênio Souza
Waldênio – PMDB
Zé Mário – PDT
Foto do perfil de Jardel Miranda da Silva
Jardel Miranda – PCdoB

Como diria Roberto Carlos: “mas quase também é mais um detalhe” – esse quase ai, significa que ainda teremos muitas surpresas até junho deste ano, me arrisco a dizer ainda, que não está nada definido, alianças se formarão, outras findarão, assim funciona a política e a corrida pelo poder em nosso município, historicamente já tivemos várias reviravoltas em períodos eleitorais.

Com a possível aliança de Celso e Zé Mário, muitas questões ficaram no ar e aguardam definições, uma delas seria, com tal aliança confirmada, a junção de Dr. Nilson Nolêto de Sá e Paulo do Zeca a esse grupo seria dada como certa? em sendo certo essa união, quem encabeçaria a chapa, caso Zé Mário não possa ser candidato? qual seria o nome cotado ao cargo de vice-prefeito? Quantos ainda pularam de um barco para o outro?

Provavelmente, teremos três grupos que disputarão nossos votos em outubro:

O grupo do atual prefeito Waldênio, que queiram ou não, tem sim grandes possibilidade de reeleição, ainda podendo fazer alianças importantes até junho, para engrossar sua legenda e tomar corpo em outubro, dando trabalho aos adversários, levando as eleições a uma disputa acirrada;

O grupo apoiado pelo governador Flavio Dino, encabeçado por Jardel Miranda e Hélio Pereira, que podem surpreender como uma nossa opção para o eleitor patoense, quem não comunga desta disputa entre grupos, pode buscar aqui um novo caminho, sem os velhos vícios da politicagem alavancadas pelo poder econômico e o status dos sobrenomes.

E o grupo do ex-prefeito Zé Mário, que aparentemente juntará forças a família Rocha Santos e aliados para se fortalecerem ainda mais, estrategicamente, tendo Paulo do Zeca e Dr. Nilson, se formaria ai um time fortíssimo e experiente, tornando-se o grande favorito na luta pela cadeira do executivo.

 Ocorre que Paulo do Zeca e Dr. Nilson não confirmaram essa aliança, podendo ainda formarem um outro grupo, quem sabe? ou ainda se aliarem a Waldênio ou a Jardel, estão abertas ai todas as possibilidades, já que na política as portas nunca se fecham ou se abrem totalmente.

Cito ainda os nome de Dr. Alexandre e do ex vereador João Luís, que deverão ser disputados por todos os grupos, seria mais um peso importante nesta balança política, que tende a pender sempre para quem melhor souber articular suas legendas partidárias.

Aguardemos e não esqueçamos a palavra “quase”, ela poderá definir muita coisa ou não!

Facebook Comments Box
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Sem categoria