Absurdo: Prefeitura Desperdiça Milhares de Litros de Água Potável Enquanto Muitos Moradores Sofrem Sem o Precioso Líquido nas Torneiras

Absurdo: Prefeitura Desperdiça Milhares de Litros de Água Potável Enquanto Muitos Moradores Sofrem Sem o Precioso Líquido nas Torneiras

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Em época de seca, muitos moradores de São João dos Patos sofrem com a falta de água,  principalmente na zona rural e em alguns bairros de nosso município, que historicamente passam por enormes dificuldades, tendo muitas vezes a água nas torneiras apenas no período noturno, onde se deve-se encher vasilhames, tambores, reservatórios e o que mais estiver a disposição, se não quiserem passar por necessidades básicas como a sede.

A falta d´água motivou os moradores do Povoado Canto Grande a tomarem atitudes drásticas, chegando inclusive a protestarem, interceptando um caminhão pipa na localidade, impedindo a passagem do mesmo, retendo o veículo no local e para evitar maiores problemas o motorista sabiamente não reagiu, evadiu-se do local e buscou o auxílio das autoridades competentes.

Vários moradores do Povoado Bacuri também reclamam que há vários dias, não cai uma gota de água nas torneiras do Povoado, que a situação na localidade e de calamidade, necessitando uma intervenção urgente do município. Outros Povoados reclamam que há um servidor do município responsável pelos poços, que desliga o abastecimento da água durante um grande período do dia e libera o líquido por algumas horas, num racionamento programado.

O racionamento é uma forma válida de economizar água e tentar evitar desperdício da mesma, garantindo assim que não haverá falta deste líquido no futuro. Mas nós flagramos neste final de semana um enorme desperdício de água potável, que com certeza causou revolta em quem sofre sem ter uma gota em sua torneira, muitas vezes com dificuldades até mesmo para realizar o básico como tomar banho e beber.

O flagrante, foi na “pista de motocross” montada próximo do Parque de Exposições Antonio Reinaldo Porto, onde se realizou nos dias 26 e 27 de agosto a 3ª Etapa do Campeonato Maranhense de Motocross, onde um caminhão pipa do programa PAC doado a prefeitura, transportou a água que molhava a pista,  água esta recolhida do Poço que se localiza no Estádio Celsão, portanto água potável, tendo isso ocorrido durante três dias consecutivos , sexta-feira 25/08 e sábado 26/08 e domingo 27/08.
Caminhão da prefeitura e o desperdício de água potável.
A cena chamou a atenção porque vários moradores não têm água nas torneiras de casa, principalmente na zona rural e precisa racionar, enquanto a prefeitura desperdiça sem dor e nem piedade.

No caso em questão, o caminhão utilizado é o doado pelo PAC, que transporta todos os dias água para vários bairros e povoados da cidade,  a água é retirada de um poço artesiano que está localizado no Estádio Municipal Celsão, ou seja, o caminhão é para transportar água que será utilizada no consumo de pessoas, portanto a água é  potável, não podendo o caminhão em questão transportar água de outro tipo (como do açude por exemplo), pois contaminaria o mesmo.

O caminhão tem capacidade para transportar 12 mil litros de água, e entre os dias de sexta – feira, sábado e domingo, teria transportado para a pista cerca de 6 cargas completas, totalizando 72 mil litros de água desperdiçada, que poderiam ter servido de alento à muitas famílias patoenses, que sofrem com a estiagem e a falta d’água.  As imagens do desperdício promovido pela prefeitura é um verdadeiro descaso com  as pessoas que dependem da àgua para sobreviver e não a tem em suas torneiras.

 

 

  

Facebook Comments Box
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Sem categoria