Prefeito de Barão de Grajaú tem mandato cassado

Prefeito de Barão de Grajaú tem mandato cassado

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

A Justiça do Estado do Maranhão tornou pública na última quarta-feira (28), a cassação do prefeito de Barão Grajaú, Gleydson Resende (PCdoB), e seu vice José Augusto Alves.

Segundo a sentença do Juiz eleitoral, as acusações foram de irregularidades na última campanha realizada, como compra de votos, que culminaram na reeleição da chapa apoiada pela coligação “Barão Seguindo em Frente”, formada pelos partidos DEM, PC do B, PTB, PSB, PR, PT do B, PRP, PTC, PPS, PT, SD, PSDB e PHS.

O gestor também é acusado de usar a máquina administrativa em favor de sua campanha, para obter votos. Com a decisão, Gleydson Resende e José Augusto Alves devem ficar inelegíveis por oito anos.

O prefeito baronense ainda pode recorrer da decisão e nesse período pode seguir administrando normalente o município de Barão de Grajaú.

Gleydson Resende (PCdoB), e seu vice José Augusto Alves(Imagem:Barãonet)

Gleydson Resende está entre os 23 prefeitos do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) que respondem a ações em tramitação no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Maranhão e podem ter o mandato cassado até o mês de julho próximo.

Os comunistas são alvo de representações ou ações de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) e de Impugnação de Mandato Eleitoral (AIME) na Corte. O prazo para o julgamento de todas as ações foi determinado pela Corregedoria Eleitoral.

Levando em consideração o número de prefeitos do partido eleitos em 2016, 46 ao todo, a quantidade de passíveis de cassação pela Justiça Eleitoral corresponde a 50%.

Fonte: FlorianoNews

Facebook Comments Box
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Sem categoria