set 04

Professores de Nova Iorque fazem greve por valorização da carreira

Professores da cidade de Nova Iorque, continuam sem perspectivas para o desfecho da greve geral dos trabalhadores em educação na cidade. A mobilização foi deflagrada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (SINPROESEMMA) no dia 14 de junho, após o prefeito da cidade não oferecer propostas para a valorização  dos profissionais e melhoria da educação pública.

 greve

Uma das pautas da categoria cobra o pagamento do abano salarial, por meio da transferência das sobras do Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), recurso repassado mensalmente pelo governo federal para o pagamento de professores. Os docentes reivindicam que os recursos não utilizados no ano passado pelo gestor devem ser transferidos para as contas dos trabalhadores.

Além disso, a categoria também cobra melhorias na infraestrutura das escolas e das condições de acesso aos colégios. Os trabalhadores denunciam que, para chegar às unidades de ensino, muitas vezes é necessário percorrer vários quilômetros de estrada sem asfaltos, atravessar pontes de madeiras que podem cair e, quando chegam à escola, ainda se deparam com lixo que divide o ambiente escolar.

pontão

Segundo a coordenadora, Francisca Gonçalves Araújo, a falta de alternativas para solucionar os problemas da categoria levou os trabalhadores a deliberarem pela paralisação da rede de ensino. “Por conta da falta de diálogo, decidimos entrar em greve como último recurso na tentativa de solucionar os problemas da rede”, explica a coordenadora do núcleo do SINPROESEMMA em Nova Iorque.

Desvio no INSS:

Além dos problemas de valorização e da falta de infraestrutura nas escolas, os trabalhadores enfrentam irregularidades no repasse da Previdência Social. Segundo a coordenadora do núcleo, a prefeitura não faz os repasses corretos, o que pode prejudicar na hora da aposentadoria.

Fonte: SINPROESEMMA

set 02

Reconstrução da Praça Getúlio Vargas em São João dos Patos

20140831_122840Começou a reconstrução da Praça Getúlio Vargas no centro de São João dos Patos, embora no Portal da Transparência a obra esteja intitulada como reforma, a imagem mostra que se trata de uma reconstrução mesmo.

A praça que dá acesso à prefeitura e a futura câmara dos vereadores já foi um dos principais pontos turísticos da cidade, local onde se realizavam as festas de carnaval e se concentravam grande número de barzinhos e ponto de encontro bastante freqüentado por jovens em busca de lazer e diversão.

20140831_122855Hoje a realidade da Praça é bem diferente, a última reforma realizada no governo do então prefeito Celso, tornou-a uma via de mão única, mas, que é utilizada por veículos nos dois sentidos, causando transtornos e engarrafamentos em dias de maior movimento, principalmente quando caminhões estacionam na mesma.

Hoje o local não oferece quase ou nenhum lazer a população, a praça que faz parte da história de São João dos Patos se desgastou, tornando-se obsoleta, sem utilização prática, pois nela não há parquinho para as crianças, bancos e nem plantas, elementos básicos para uma praça e depois da construção da praça de eventos na avenida Presidente Médici, quase ou nenhum movimento artístico e cultural se realizou naquele local.

 20140831_122940Ponto positivo.A reconstrução da Praça Getúlio Vargas, segundo o Portal da Transparência, irá custar R$ 390.000,00, cedidos pelo Ministério do Turismo. Tal obra no meu ponto de vista hoje se faz necessária, já que há mais de 10 anos, a praça não passa por nenhuma reforma e por se tratar de uma das avenidas mais antigas do nosso município, com importante relevância no contexto histórico e cultural, merece ser reformulada de forma que se torne mais proveitosa e bonita.

 Ponto negativo. Confesso que pesquisei o custo da ultima reforma da Praça Getúlio Vargas e não obtive sucesso, mas, me lembro que na época foi considerado um custo elevado e agora com a reconstrução da citada praça, fica a sensação, que aquele dinheiro foi jogado fora, pois reconstruir significa não utilizar nada do projeto original e  cabe ressaltar que isso não é culpa do Gestor atual.

Como era a praça antes da reforma

Praça Getúlio Vargas antes de inicializar a reforma.

Jakson Duarte.

ago 31

Flávio Dino afirma compromisso de melhorar a saúde em São João dos Patos

Em São João dos Patos, durante carreata e caminhada, acenos e abraços fizeram parte da recepção a20140829_213358os candidatos.

Para acabar com a procissão para o Piauí em busca de atendimento de saúde, o candidato a governador da Coligação Todos pelo Maranhão, Flávio Dino, reafirmou o compromisso de melhorar o sistema público de saúde de São João dos Patos.

De Flávio Dino, firmou o compromisso de melhorar os serviços públicos. O candidato voltou a destacar a beleza do Estado e o abandono das regiões. “Nós confiamos na força do povo do Maranhão, que é maior que qualquer poder”, enfatizou.

Sobre a saúde, Flávio assumiu o compromisso de investir na UPA, projeto do governo federal de pronto-atendimento, para que funcione de forma a resolver problemas da população. Além disso, apresentou outras propostas de governo, como o investimento em políticas sociais com a criação do Mais Bolsa Família, o complemento do piso dos agentes comunitários de saúde e o reforço na educação, com mais qualidade para professores e alunos.

Para Roberto Rocha, chegou a hora da virada de página. Com todos os Estados em desenvolvimento, o Maranhão não pode ficar parado. Para isso, acredita que a população dará esse voto de confiança. “Eu e o Flávio estamos liderando as pesquisas, mas pesquisa é apenas intenção de voto. Para vencer, precisamos que os maranhenses garantam a vitória do Maranhão. Temos que mudar o nosso Estado e para isso temos que mudar a política”, analisou.

Filho da região do Sertão maranhe20140829_213505nse, o vice Carlos Brandão lembrou a unidade da oposição: “Fico orgulhoso de ser um vice representante dessa região. Chegou a hora do Maranhão. Basta do nosso Estado ser notícia só em casos penitenciários, de roubo, de mala com dinheiro. Esse grupo aqui é ficha limpa e vai trabalhar para fazer a mudança que o Maranhão precisa”, afirmou.

A atividade foi acompanhada por diversos candidatos a deputado federal e estadual da coligação.

ago 27

Eleições 2014: Debate da Band, ninguém ganhou e ninguém perdeu

debate2fut

O primeiro debate presidencial das eleições 2014 na Band foi muito mais movimentado do que o de eleições anteriores. Talvez o fato de existirem três candidatos disputando uma vaga no segundo turno permitiu mais interação entre eles.

Ninguém ganhou e ninguém perdeu.

Aécio, Dilma e Marina Silva defenderam seus programas e suas histórias políticas.

E ninguém se atacou de maneira mais grosseira ou rude.

Foi um debate de bom nível.

A grande escorregadela da noite acabou sendo de Marina Silva, exatamente ela que estava indo bem e entrou no estúdio como a estrela da noite, embalada pela pesquisa Ibope. Ela  se embananou toda numa pergunta de Levy Fidelix, o homem do Aerotrem, que a atropelou falando de Neca Setúbal, do Itaú, e Guilherme Leal, da Natura.

Marina ficou visivelmente irritada e saiu em defesa dos aliados, dizendo que a primeira era educadora o que segundo tem compromisso histórico com a sustentabilidade e o meio ambiente. E que ela não tem problema nenhum com quem é de elite. Que o problema do Brasil não é a sua elite. E ao final, cravou a pior das suas frases. Disse que Chico Mendes também era de elite tanto quanto Guilherme Leal.

Esse foi um dos temas mais debatidos no twitter. Muita gente se indignou com a frase de Marina. No twitter, quem também fez muito sucesso foi Eduardo Jorge, do PV. Ele defendeu a legalização do aborto e das drogas. E ainda deu uma provocada em Marina, pedindo-lhe para parar de apertar sua bíblia, que provavelmente estava em cima do púlpito  onde ela estava, porque senão a bíblia iria ficar tão magrinha quanto ela.

Outro momento quente do debate foi quando Aécio e Dilma debateram a Petrobrás. Dilma atacou de Petrobrax e da plataforma que afundou no mar no governo do PSDB e disse que o discurso do tucano era uma leviandade. Aécio devolveu a leviandade pra Dilma, falando que a empresa nunca se viu envolta em tanta corrupção.

O debate serviu para testar hipóteses. Os marqueteiros certamente estavam fazendo pesquisas qualis para verificar em que momento os argumentos dos seus candidatos fizeram mais estrago na campanha dos adversários.

Ninguém ganhou e ninguém perdeu, mas alguém pode ter passado o recibo que a outra campanha vai usar daqui pra frente.

Marina piscou quando confrontada com a influência que Neca Setúbal e Guilherme Leal exercem ou podem exercer sobre ela.

No final do debate, Boris Casoy fez a pergunta mais estapafúrdia. Quis saber o que Eduardo Jorge achava do projeto do controle da mídia e Dilma avançou no tema. Disse que defende a regulação econômica do setor, porque é contra o monopólio. Os irmãos Marinho devem ter se ligado neste momento. E acertado que vale qualquer um para derrotar Dilma.

Na sua fala final, Aécio diz que não dá pra o país nem continuar como está e nem entrar numa aventura, dando a entender que falava da candidatura de Marina. E anunciou que seu ministro da Economia será Armínio Fraga.

Na verdade, Aécio deixou para o final dois anúncios. O nome do ministro da Economia e a forma como vai atacar Marina. Vai dizer que ela é uma aventura.

ago 26

Debate na TV Difusora: Flávio Dino x Lobão Filho

Os candidato Flávio Dino (PCFLAVIO X LOBÃOdoB) e Lobão Filho (PMDB) participaram ontem a noite de um debate promovido pelo TV Difusora (emissora da família Lobão)  e fizeram um verdadeiro confronto direto.
Flávio Dino revelou que como juiz interrogou Edinho Lobão num processo em que ele era investigado por formação de quadrilha e falsidade ideológica e no qual ele foi condenado a dois anos de prisão.
Dino acusou ainda a empresa de propriedade da família Lobão de contratar obras com o estado e não executá-las. O candidato Edinho Lobão pediu direito de resposta mas nada falou sobre o processo e muito menos sobre a declaração de Dino que o recebeu em seu gabinete na qualidade de réu.
O programa foi divido em quatro blocos onde os candidatos puderam fazer perguntas entre si e o clima esquentou quando Flávio Dino solicitou que Edinho Lobão descesse do helicóptero para ver a estrada toda esburacada que a empresa Hi-tec (de propriedade do irmão de Lobão Filho) ganhou dinheiro para construir e não realizou.
Edinho pediu direito de reposta, mas nada explicou ou esclareceu sobre as acusações; disse apenas que a empresa pertence ao seu irmão, que, segundo ele, é um grande empresário com obras no Brasil inteiro, mas silenciou sobre a obra citadas da estrada que leva a Centro Novo.
Edinho tentou revidar acusando suposta irregularidade na administração de Flávio Dino na presidência da Embratur, mas sua acusação caiu em descrédito quando Flavio Dino apresentou duas certidões expedidas pelo Tribunal de Contas da União isentando Flávio e afirmando que não existe contra ele nenhuma investigação.
Em linhas gerais, nem em sua própria emissora, Lobão Filho conseguiu se sentir confortável para debater as questões cruciais que afetam a população do Maranhão, optando por transformar o debate num verdadeiro “ringue” entre ele e Flávio, tática usada para tentar derrubar o candidato comunista que lidera as pesquisas de intenções de voto.
Por seu turno, Dino mostrou-se mais tranquilo e sereno, até mesmo na hora de responder às acusações do candidato peemedebista, que aparece em segundo lugar nas pesquisas. Lobão parecia “perdido”, preocupado em “atacar” os adversários do que em discutir propostas de governo.

Os debates ocorreram praticamente entre os dois candidatos, visto que Antônio Pedrosa preferiu não entrar em polêmica,  usando o seu tempo apenas para defender seus pontos de vista sobre os mais variados  temas.

ago 25

Acabou o sossego: A propaganda eleitoral e a poluição sonora.

Quem está satisfeitopoluição sonora com o barulho provocado pelos carros de propaganda eleitoral que levante a mão. Creio que se levada essa pergunta aos eleitores, dificilmente algum partido político veria uma mãozinha sequer levantada. A reclamação contra os abusos sonoros das propagandas eleitorais está em todo local, os carros e motos com seus mega alto falantes passam a espalhar lixo cultural, com jingles ensurdecedores. Até hoje nunca ouvi nas propagandas eleitorais impostas aos meus ouvidos, nenhuma proposta eleitoral, plano de governo ou obras realizadas, todos são jingles, repetitivos e de um mau gosto extremo, onde se repete o número do candidato por diversas vezes, numa espécie de lavagem cerebral, compreender o que realmente o tal candidato ou candidata pretende, ninguém compreende.

O Código Eleitoral prevê que não será tolerada propaganda que perturbe o sossego público, com algazarra ou abusos de instrumentos sonoros ou sinais acústicos. Então fica evidente que em São João dos Patos não se respeita o Código Eleitoral. Prevê também o Código Eleitoral que a propaganda eleitoral com carros de som, dentre outros, não serão permitidos, a menos de 500 metros: das sedes das Prefeituras Municipais;das Câmaras Legislativas Federais, Estaduais e Municipais;dos Tribunais Judiciais;dos hospitais e casas de saúde;das escolas, bibliotecas públicas, igrejas e teatros, quando em funcionamento;dos quartéis e outros estabelecimentos militares.

A Lei 9504/97 também prevê que é vedada a veiculação de propaganda de qualquer natureza nos bens de uso comum do povo, inclusive postes de iluminação pública e sinalização de tráfego, viadutos, passarelas, pontes, paradas de ônibus e outros equipamentos urbanos, inclusive pichação, inscrição a tinta, fixação de placas, estandartes, faixas e assemelhados. Não é isso que vemos quando trafegamos na cidade, basta ver as placas, verdadeiros outdoors móveis, na Avenida Presidente Médici e Praça de Eventos.

É latente em São João dos Patos a ineficácia do poder público, seja ele em qual esfera for, para o efetivo cumprimento da lei eleitoral e lei de proteção ao meio ambiente.

Decidirmos por não votar em quem provoca poluição sonora, afetando assim todo o meio ambiente, que deveria ser saudável, talvez seja suficiente, não o sei. Maior fiscalização dos órgãos responsáveis para coibir o abuso da propaganda política abusiva, que perturbe o sossego público? Duvido que vá ocorrer. Maior atuação do Ministério Público para garantir aos moradores o direito a circular pelas ruas e conversarem sem serem perturbados em seu sossego pela poluição sonoro eleitoral? Seria um bom começo.

Agora, nesse exato momento, acaba de passar um desses benditos veículos divulgando os números de um candidato que, se teria alguma chance de eu lhe prestar alguma atenção… acabou de perder meu voto.

ago 22

TVGuará/Exata divulga pesquisa para deputado estadual e federal: José Mário está 21º.

Pesquisa do Instituto Exata, contratada pela TV Guará, divulgada neste sábado (16), mostra como anda a corrida eleitoral para a Câmara Federal e também a Assembleia Legislativa do Maranhão. Candidatos a deputado estadual disputam 42 vagas e candidatos a deputado federal concorrem a 18 vagas.

A pesquisa da TV Guará/Exata foi realizada entre os dias 8 e 12 de agosto. Foram ouvidos 1400 eleitores em 45 municípios do Maranhão em pesquisa que está registrada na Justiça Eleitoral. O levantamento foi registrado sob protocolo MA-0035/2014. A margem de erro é de 3,2% para mais ou para menos.

Os números divulgados neste sábado são da mesma pesquisa que apontou ampla liderança de Flávio Dino na preferência dos eleitores maranhenses. Flávio tem 56% das intenções de voto, contra 26% de Lobão Filho. Depois aparecem Saulo Arcangeli (PSTU), Zé Luis Lago (PPL) e Antônio Pedrosa (PSOL), com 1% cada um. Prof. Josivaldo (PCB) não pontuou. Brancos e nulos somam 8%. E 7% não souberam ou não responderam.

Abaixo, seguem o nome dos candidatos a deputado estadual e federal mais citados.

1 – “se as eleições para Deputado Estadual fossem hoje, em quem o Sr(a) votaria?”

graficodepstadualagosto12014 (1)

2 – “se as eleições para Deputado Federal fossem hoje, em quem o Sr(a) votaria?”

federal

ago 13

Morre Eduardo Campos em acidente aéreo em Santos

 

eduardo campos

Está confirmada a presença do candidato a presidente pelo PSB, Eduardo Campos, no jato que caiu por volta de 10 horas desta manhã, em Santos, no litoral paulista. O prefixo da aeronave é o mesmo da alugada pela campanha do presidenciável e não se consegue contato com Eduardo Campos desde as 9 horas. O acidente deixou dois mortos e ao menos dez feridos até o momento.

A aeronave caiu em uma casa, ao lado de uma academia, na cidade litorânea. A aeronáutica confirmou que a aeronave era um jato particular, que saiu do aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, e voava rumo ao Guarujá. O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), cancelou a agenda na capital por conta do acidente e voou para Santos. A suspeita é de que a causa do acidente tenha sido o mau tempo. O candidato cumpriria agenda hoje no Guarujá.

Abaixo, a agenda do candidato previa os seguintes compromissos na região:

10h30 às 11h30 – Concede entrevista na Praia do Mercado e faz curta volta de catraia (centenário meio de transporte na região portuária)

12h às 14h – Participa do Santos Export – Fórum Internacional para a Expansão do Porto de Santos, no Hotel Sofitel Jequitimar, no Guarujá

Das 14h30 às 15h – Concede entrevista à TV Band Santos

Leia, abaixo, notícia da Reuters a respeito:

Eduardo Campos estava em avião que caiu em Santos, diz fonte do PSB

BRASÍLIA (Reuters) – O candidato à Presidência Eduardo Campos (PSB) estava a bordo do avião que caiu em Santos na manhã desta quarta-feira, disse à Reuters uma fonte do partido.

Segundo a fonte, que falou sob condição de anonimato, a candidata à vice na chapa do PSB, Marina Silva, não estava na aeronave.

(Por Jeferson Ribeiro)

Abaixo, notícia da Agência Estado a respeito:

O deputado federal Marcio França (PSB-SP) e sua equipe passam por momentos de tensão desde que souberam da queda de uma aeronave em Santos, no litoral paulista, na manhã desta quarta-feira, 13. No momento do acidente o candidato à Presidência pelo seu partido, Eduardo Campos, se deslocava para um evento no Guarujá, no jatinho da campanha.

França, que está no Guarujá à espera de Campos, diz ter visto o jatinho de Campos sobrevoar o local, mas a informação inicial é de que a aeronave do candidato teria arremetido e voltado em direção a Santos.

Segundo o corpo de bombeiros de Santos, foi um helicóptero que caiu, mas ninguém da equipe consegue contatar o assessor de Campos ou o próprio candidato desde as 9h30.

“Ele está há mais de uma hora sem contato”, comentou França.

Até o momento não há informação sobre para onde se deslocou a aeronave de Campos.

ago 12

Greve do Judiciário maranhense continua

Os servidores do Judiciário maranhense juntamente com o Sindicato dos Servidores da Justiça do Estado do Maranhão (Sindjus-MA) continuaram em vigília nesta segunda-feira (11), na Praça Dom Pedro II, em frente ao Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão (TJMA), dando continuidade à GREVE GERAL da categoria por tempo indeterminado em todo o Estado. Os servidores reivindicam a implantação dos 21,7%, imediata instalação e funcionamento da comissão do novo Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV), e a derrubada do veto da governadora Roseana Sarney ao projeto das Perdas Inflacionárias.
comarca de Alcântara
Comarca de Alcântara em greve

Assim que os servidores do judiciário começaram a chegar na manhã de hoje para a concentração em frente ao TJMA, cinco viaturas da polícia militar impediram o acesso do carro de som à Praça Dom Pedro II por ordem da direção do Tribunal e do Governo do Estado. “Mesmo que vocês chegassem às cinco da manhã, a ordem é recolher o carro de som”, disse um policial em tom intimidatório.
Comarca de Riachão
Comarca de Riachão em greve

Apesar disso, a direção do Sindjus-MA e os servidores do judiciário em greve não se intimidaram. A concentração aconteceu do mesmo jeito na capital, em frente ao TJMA, com a participação de muitos servidores e com uma caixa de som portátil.
Comarcas em greve
Comarca de Zé Doca em greve

Na intenção de garantir o direito de expressão e a liberdade de manifestação, a direção do Sindjus-MA buscou no final da tarde de hoje o apoio da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB para que nesta terça-feira (12), os servidores em greve possam retornar a Praça D. Pedro II com o carro de som e realizar as atividades de protestos programados pela categoria.
bacabal
Comarca de Bacabal em greve

O Sindjus-MA comunica a todos os servidores em todas as comarcas a continuarem a GREVE GERAL nesta terça-feira (12), até que os pleitos dos servidores sejam atendidos.
Comarca de Pinheiro
Comarca de Pinheiro em greve

Os servidores da Comarca de São joão dos Patos até o presente momento não aderiram a greve.

Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress