Gastão Vieira em sintonia com o Palácio dos Leões

O ex-deputado federal e ex-ministro do Turismo, Gastão Vieira, parece estar em plena sintonia com o Palácio dos Leões. Ele foi recebido na manhã de terça-feira (08) pelo governador em exercício, Carlos Brandão (PRB), e pelo secretário de Comunicação e Assuntos Políticos, Márcio Jerry.

O assunto da conversa foi sobre política e os rumos da bancada federal em Brasília.

Gastão Vieira, que é presidente estadual do PROS no Maranhão, vive a expectativa de assumir o mandato em Brasília. Segundo suplente de deputado federal, ele obteve 57.864 mil votos e pode assumir o mandato caso o primeiro suplente, o atual secretário de Indústria e Comércio, Simplício Araújo, permaneça no cargo.

O ex-deputado, que já ocupou a presidência do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), nutre uma grande simpatia do governador Flávio Dino (PCdoB) e pode ver o desejo de voltar a Brasília ser realizado em breve.

Sindicato dos Professores se reúne com a Secretária de Educação para Discutir sobre Atraso de Vencimentos


A Diretoria do SINPROED esteve reunida com membros da Secretaria  de Educação, hoje a tarde, dia 8 de janeiro para discutir e pedir esclarecimentos sobre os vencimentos atrasados dos professores concursados, tendo em vista que o saldo é suficiente para tal fim, porém os vencimentos não foram pagos, porque segundo a semed todos os arquivos de remessa já tinham sido enviados ao banco.
Portanto, o pagamento será efetivado para todos os servidores da educação somente dia 11/01/2019.
Participaram da reunião: Presidente do Sindicato, Presidente do CACS e outros membros do Conselho do Fundeb, Diretores de escola e Secretária de Educação.

Matrículas Suspensas após Pais se Aglomerarem em Frente a Escola Evangélica Batista

Após anúncio que o início das matrículas para o ano letivo de 2019 estaria previsto para o dia 10/01, alguns pais se adiantaram e trataram logo de correr para garantir uma vaga em uma das escolas mais disputadas do município,  a Evangélica Batista, que é considerada por muitos referência em ensino infantil, razão pelo qual todos os anos, vários pais e responsáveis se propõem a dormir em frente a instituição.

Este ano parece que a disputa vai ser ainda mais acirrada,  pois, ainda restando três dias para o início, para as matrículas, vários pais já se aglomeravam e formavam fila no intuito de assegurar uma vaga para os filhos, razão pela qual a semed resolveu suspender as matrículas da escola, ficando em aberto uma nova data para a realização das mesmas, o comunicado foi afixado no portão da instituição, a nova data deverá ser anunciada em carro de som nos próximos dias.

Paraibano-MA comemora seus 66 anos de Emancipação Política

Localização de Paraibano

Em 1920, chegava ao local onde hoje se situa a cidade, o paraibano Antônio Brito Lira, acompanhado de seus familiares, em busca de melhores condições de vida, já que a seca assolava seu Estado. Alí, já encontrou o Sr. José Fernandes que residia só e se dizia dono das terras e de quem, mais tarde, Antônio Brito adquiriu a gleba. O novo proprietário, então, deu início à exploração agrícola, alcançando grande sucesso na produção.

Com a chegada de novos moradores, foi o povoado progredindo e tomando outro aspecto, com a construção de casas de telha, abertura de estabelecimento comerciais e crescimento elevado da produção agrícola, ao ponto de ter que exportar os produtos, até para outros Estados.

Em 1931, João Brito Lira organizou uma “feira”, onde todos pudessem comercializar seus produtos, causando grande repercussão, além dos resultados positivos auferidos pelos produtores. Em 1937, foi construída a capela de São Sebastião, Padroeiro do lugar. Em 1945, os filhos de Antônio Brito Lira, mandaram construir um mercado, para onde foi transferida a “feira”. Em 1952, o povoado que já se equiparava à sede, “Pastos Bons”, foi elevado à categoria de município pela lei nº 841, de 30 dezembro, com o nome de Paraibano, em homenagem a seu fundador. A área integrante do atual município foi desmembrada de Pastos Bons.

Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Paraibano, pela lei estadual nº 841, de 30 de dezembro de 1952, desmembrado de Pastos Bons. Sede no atual distrito de Paraibano ex-povoado. Constituído do distrito sede. Instalado em 1 de janeiro de 1953.

Em julho, é realizada a Grande Vaquejada de Paraibano, uma das maiores e mais tradicionais do estado do Maranhão, atraindo um grande número de turistas de todo o estado, e também do vizinho estado do Piauí.

O município de Paraibano atualmente tem como prefeito José Helio Pereira de Sousa o “Zé Helio”, que como chefe do Executivo municipal, exerce a função de administrar os serviços públicos locais.

 

 

Carlos Brandão já desponta para 2022

Do blog Luís Cardoso

Claro que ainda é muito cedo para qualquer avaliação futura, mas o vice no exercício do cargo de governador tem sabido ocupar o espaço que lhe deixou o titular do cargo, o governador Flávio Dino, em gozo de férias no exterior.

Embora muitos achem que a ele estará reservada uma vaga no TCE em substituição ao conselheiro Edmar Cutrim, que vai para a compulsória no começo de 2022, Brandão age com extrema habilidade para se efetivar como governador, em caso de Dino sair para disputar uma vaga ao Senado Federal ou à Presidência da República.

Ao longo dos primeiro mandato como vice tem sido fiel ao governador e agrada a classe política pela postura de diálogo e de defensor do municipalismo.

Ele pode repetir o feito do antigo amigo José Reinaldo Tavares, que conseguiu emplacar como substituto de Roseana Sarney, contra a vontade dela, e se reeleger no cargo.

Existe até um episódio naquela época, em 2002, em que Tavares andava preocupado com a movimentação da oposição quando ainda era apenas vice. Ao que Sarney disse a ele para se preocupar com os inimigos internos para se consolidar como efetivo no cargo. Tavares assumiu e foi reeleito.

No quadro atual, existem nomes fortes dentro do governo para 2022 que são os senadores Weverton Rocha e Eliziane Gama, além do deputado federal eleito Márcio Jerry. As pedras no sapato do vice-governador. Mas tudo dependerá da vontade de Flávio Dino.

O resto é lorota!

Estimativa do Fundeb para São João dos Patos supera os R$ 20 milhões em 2019

No dia 31 de dezembro de 2018, foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) a Portaria Interministerial 7/2018, com a estimativa da receita do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos profissionais da Educação (Fundeb) para o exercício de 2019. A previsão é de uma receita total do Fundeb neste ano de R$ 156,3 bilhões.

Desse valor, R$ 143,4 bilhões correspondem ao total das contribuições de Estados, Distrito Federal e Municípios, e R$ 14,3 bilhões à complementação da União ao Fundo. São beneficiados com esses recursos federais os mesmos nove Estados dos últimos anos: Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco e Piauí.

Essa previsão representa um aumento de R$ 7,1 bilhões ou 4,8% para 2019 em relação à estimativa de receita para 2018.

Para São João dos Patos será destinado R$ 20.217.114,73. Em breve os os professores terão conhecimento de quanto será o reajuste de seus salários, por enquanto a estimativa é que seja superior a 4% mas o cenário ainda tá indefinido com a mudança de presidente.

Gilvana empossa dois novos secretários: Wllisses e Elizamar

Do blog radiosertaoweb

Logo mais às 10 horas da manhã, no seu gabinete, a prefeita Gilvana Evangelista empossa dois novos secretários, o ex-vereador José Wlisses como novo secretário de Obras, e na secretaria municipal da Mulher assume a professora Elisamar Lima Sá. As duas pastas estavam vazias desde a saida de Dede Paulista e Juma respectivamente das secretarias de Obras e da Mulher.

 

REAJUSTE DO PISO SALARIAL NACIONAL DO MAGISTÉRIO TERÁ AUMENTO DE 4,17%

“Ainda falta o MEC e a Fazenda publicarem a estimativa do FUNDEB para 2019. E esse valor servirá de base para o reajuste do piso em 2020”.

O MEC e o Ministério da Fazenda publicaram a Portaria Interministerial nº 6, de 26 de dezembro de 2018, definindo novo valor per capita para o FUNDEB no ano de 2018. Com isso, a previsão inicial de reajuste do piso do magistério, estimada em 3,08%, passou para 4,17%.

O piso de 2019 é o menor desde a sua implementação. Em 2018 o índice foi de 6,81% e o valor do piso do magistério foi de R$ 2.455,35. Para 2019, com reajuste de 4,17%, o valor nominal do piso deverá ser de R$ 2.557,73. De acordo com o artigo 5º da Lei nº 11.738, o índice de reajuste tem validade a partir de 1º de janeiro de 2019.

Ainda falta o MEC e a Fazenda publicarem a estimativa do FUNDEB para 2019. E esse valor servirá de base para o reajuste do piso em 2020, o qual se dará pela diferença percentual entre a quantia do FUNDEB estimada para 2019 e o valor publicado na Portaria Interministerial nº 6, de 27/12/18. Continua, após o anúncio.

Para entender o reajuste do piso

Para se chegar ao percentual de reajuste do Piso em 2019, com base no Parecer da Advocacia Geral da União, de 2010, deve-se comparar as Portarias Interministeriais nº 6, de 27/12/18, que atualizou o último VAA do Fundeb para 2018, e a Portaria Interministerial nº 8, de 29/11/17, que definiu a previsão do VAA do Fundeb para 2017. A primeira estimou o referido VAA em R$ 3.048,73 (ainda vigente) e a segunda estabeleceu o VAA-Fundeb/2017 em R$ 2.926,56. A diferença percentual entre os dois VAAs (4,17%) é aplicada ao piso do ano subsequente, no caso 2019.

PT PREPARA DECRETO PARA GARANTIR R$ 8 A MAIS NO SALÁRIO MÍNIMO

O Partido dos Trabalhadores decidiu apresentar um decreto legislativo para garantir o aumento de R$ 954 para R$ 1.006, como estava aprovado no orçamento; em seu primeiro ato de governo, o presidente Jair Bolsonaro tirou oito reais do trabalhador mais pobre, com um mínimo de R$ 998; “O mesmo Congresso que deu 16% para os juízes tem a obrigação de dar oito reais a mais para os trabalhadores”, diz a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR).

Segundo a presidente nacional do PT, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), eleita deputada federal, “o mesmo Congresso que deu 16% para os juízes tem a obrigação de dar oito reais a mais para os trabalhadores”. “Não é possível que o Congresso q deu reajuste de 16% ao judiciário não garanta a expectativa de inflação e a recomposição dos resíduos para o salário mínimo. São R$ 8,00. Pra quem ganha pouco, isso faz muita diferença”, disse.

Bolsonaro assina decreto que fixa salário mínimo em R$ 998 em 2019, R$ 8,00 abaixo da estimativa

Orçamento formulado pelo governo Temer previa R$ 1.006. Fórmula utilizada considera inflação de 2018, que deve ficar abaixo do esperado, e variação do PIB.

Decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro e publicado nesta terça-feira (1º) em edição extra do “Diário Oficial da União” fixou o salário mínimo em R$ 998 neste ano. O valor atual é de R$ 954.

Com isso, o valor ficou abaixo da estimativa que constava do orçamento da União, de R$ 1.006. O orçamento foi enviado em agosto do ano passado pelo governo Michel Temer ao Congresso.

O que a equipe econômica do governo Michel Temer dizia é que a inflação de 2018 (um dos fatores que determinam o valor) vai ser menor que o projetado anteriormente – quando foi proposto salário mínimo de R$ 1.006 em 2019.

De acordo com informações do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócioeconômicos (Dieese), o salário mínimo serve de referência para o rendimento de cerca de 48 milhões de trabalhadores no Brasil.

 

Facebook

Get the Facebook Likebox Slider Pro for WordPress